Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AMARELO

AMARELO

Não sou mais aquele cara
De olhar escuro para o passado.
Caminho firme nesta praia
No amanhecer do novo dia
Com  novo caminho traçado

E ate esperei por você
Mas isso não significa mais
Aquela ânsia desesperada
Do que eu queria pra mim
Ate-me continha  demais

Não tenho medo viver
Eu posso gritar,  andar e correr
Dizer o que realmente penso
Não ter medo de me ferir
Só não quero sobreviver

E assim dizer com apreço
Que amo ainda mais
E que essa doce loucura
Agora é bem  maior
E cumpro o valor do preço
Aluísio Bórden
Enviado por Aluísio Bórden em 10/11/2007
Código do texto: T731302

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Aluísio Bórden
Teresina - Piauí - Brasil, 43 anos
232 textos (10524 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/08/17 12:39)