Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Alter ego

Costumo me enxergar
Por fora,
Nem sempre o que vejo me
Agrada,
Se o olho visse tudo o que
Olha,
Melhor seria não enxergar
Nada.

Costumo me enxergar nos
Outros,
Nem sempre o que vejo me
Enxerga,
Se o olho visse tudo o que
Olho,
Menor seria a minha
Entrega.

Costumo me enxergar em
Ti,
Nem sempre o que vejo eu
Entendo,
Nem sempre o que vejo está
Ali,
Melhor seria me enxergar por
Dentro.

Sem data.
Teco Sodré
Enviado por Teco Sodré em 18/11/2005
Código do texto: T73177

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Teco Sodré
Salvador - Bahia - Brasil, 38 anos
274 textos (12534 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 12:04)
Teco Sodré