Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MONSTRO SOU EU

O monstro que me devora os sonhos - me faz chorar.
Com hálito fétido me rouba a noite e o sono.
No frio da morte me abandona e rir da minha cara.
O mostro é cruel e fiel, nunca me esquece, nem troca.
Envolve-me numa teia de tamanhas confusões e dúvidas cruciantes
Deflora-me o espírito e escarra em meu corpo servil e débil...
Entre o existir e o ser, o descobrir e o querer
ele me enlouquece e aprisiona dentro do medo e da incoerência.
Estou demente, dormente... e sem confetes vejo que
O monstro  venceu, no espelho que me reflete.

Laura Duque
Enviado por Laura Duque em 18/11/2005
Código do texto: T73191
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Laura Duque
Cabo Frio - Rio de Janeiro - Brasil, 48 anos
294 textos (23185 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 06:32)
Laura Duque