Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SUSPENSE... 



A noite procura indícios da alma

Nos suplícios do tempo,

Resquícios do luar que acalma

Cada trecho de sentimento,

Além do que se foi...




E cada estrela desfalecida

Brilha no espaço tão instigante

Que o descompasso da vida

Cede euforia ao instante,

Além do dia que some...




Céus, terá a vida um só nome ?

Quem fará do coração detetive

Nesse luar tão insone,

No pesadelo que vive 

Intensamente ao acaso ? 




E se a mente não dorme,

De repente, no amor,

Cada indício da alma,

Disfarçado de dor,

Transborda na palma

Da emoção que restou,

Lapidando, no fundo, esse sonho que acalma... 




Tristonho é o mundo, pois, em cada jornada

De estrelas únicas nessas noites sós,

Furtando dos dias o mistério do nada,
 
Rindo do tempo, a despeito de nós

(e com voz, no sentido que brada),

Sendo tudo suspense nessa vida veloz !



Y sus pensamientos de amor,

 

Sin dirección ni salida,

 

¿ Dónde estarán sencillos

 

En sus mares de vida ?

 


 

Sus... pense... 



-----
Juliana Silva Valis
Enviado por Juliana Silva Valis em 10/11/2007
Reeditado em 05/12/2007
Código do texto: T732174

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor e o link para o site). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Juliana Silva Valis
Brasília - Distrito Federal - Brasil, 33 anos
3973 textos (883729 leituras)
4 e-livros (1863 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/10/17 11:50)
Juliana Silva Valis