Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Razões

Se a razão pra toda a loucura do mundo
For o simples fato de perder-se
Perder-se da noção de respeito
Direitos e deveres
Razões sem efeito
Então esquece. To saindo fora.
Não vou viver nessa inércia ignóbil
Fornicaria pura
Livre de paz, carinho e candura
Opiniões contrárias, moral com fissuras

O gênero humano é a cada dia
Mais estressado
Pobre nas atitudes
Lesivo em seus amores
Exagerado em suas dores
Péssimas companhias
Ótimos atores

Prefiro explodir a cabeça de um homem
Do que esmagar um ratinho acuado
O rato só quer um cantinho
Pra fazer o seu ninho
O homem quer invadir o “meu” ninho
E levar o que puder de meu

Estou doente e não sei o meu estado
Por que quem deveria manter-me informado
Está mais preocupado com o salário atrasado
Ou pelo SUS mal repassado
Ou como diria meu pai
Com qual remédio vai dar pro seu gado

Nem meu amigo tem mais paciência
Ta todo mundo louco
Quase não há diferença
De quem conheci hoje na rua
Pra quem convive comigo desde a infância

Devo pisar em ovos até pra tratar do cachorro
Os cachorros sentem a energia do ambiente
São tão emotivos
Até parecem gente
Por isso não tenho cachorro
Prefiro os gatos que são mais limpos e decentes
Minha gatinha Aurora
Não late e nem suja a calçada
Anjelus
Enviado por Anjelus em 11/11/2007
Código do texto: T732256

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Anjelus
Apucarana - Paraná - Brasil, 40 anos
142 textos (2995 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/10/17 17:57)
Anjelus