Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Insónia

    Desperta no silêncio que a noite agita
    Devassa-me a mente absurda confusão
    Buscando o repouso onde a alma habita
    Renego o sono que me oferece ilusão.

    Violenta insónia que me ataca o ser
    Anestesia e corta na vida se estou
    Entre o que vivo na vida ao descer
    Por entre sonhos aonde não vou

    Tamanha é a estranheza da noite
    Onde quem sou não diz como estou
    Onde se estou não sei como vou

    Se é sonho ou não, acordo e regresso
    E na penumbra do silêncio me apresso
    A acertar meu passo que lá se trocou.
RoqueSilveira
Enviado por RoqueSilveira em 11/11/2007
Código do texto: T732742

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (citar a autoria de M. Conceição Roque da Silveira e o site www.letrasdispersas.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
RoqueSilveira
Portugal
235 textos (8624 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 00:59)
RoqueSilveira