Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

destino feito pelos Deuses

 Entre as espadas do destino ele caminha longamente pelo vale perdido e assim ele sabe que é superior a vida pois o infinito é pra sempre.
quem é ele a não ser eu ? espaço aberto, caminho fechado,forças ao vento ,penssamentos crueis e futeis.
onde está a chave do meu calabouço eu pergunto a ti perande a zeus!
nobre cavaleiro do mundo 2007 espalhado em máguas finitudes implenas
por onde andei todo esse tempo a não ser por meu caminho de dor e torturas espirituas.
acenderei velas negras e lançarei o fogo a meus olhos para segarme com o orgasmo da fumaça que paira em minha face!
recantarei minhas melodias banhadas nas lagrimas de meu mais sábio mago, o mago com quem aprenderei o que é vingança.
sofra ao ver meus joelhos dilacerádos por volta dos celculos que vivi ao seu lado ! sofra e não me lembre que hoje é futuro.
 defenderei minhas teorias sobre o seu instinto e sobre suas vozes profundas sobre meu coração alado, esta é sua ira e seu previlegio culto noturno.
chore por mim que eu chorárei por si só  em um rumo diferente do seu...
entre espadas do destino eu caminho e minha caminhada é longa através dos vento e nevoeiros atiçados pelos Deuses.
Rodrigo filho das geadas
Enviado por Rodrigo filho das geadas em 11/11/2007
Reeditado em 11/11/2007
Código do texto: T732788

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (silent cry). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Rodrigo filho das geadas
Nossa Senhora do Socorro - Sergipe - Brasil, 28 anos
7 textos (419 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/08/17 11:47)
Rodrigo filho das geadas