Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Os Doidos do Volante

Os Doidos do Volante!!!         (145)
 
Por causa, de um topo de gama;
Estou todo partido, nesta cama!
Eu… que era o melhor, ao volante,
Arrancando sempre, num instante!
   
A acelerar o bólide, era um ás,
A todos, deixava para trás!
Acelerando, e prego a fundo,
Julgava-me, o melhor do mundo!
   
Para mim, nunca cometia erros,
Subindo e descendo, cerros!
Eram os outros, que erravam,
E por isso, nunca me apanhavam!
   
Mas um dia, numa ultrapassagem,
A velocidade, eu não abrandava!
Sempre seguia, transgredindo,
Fosse na descida, ou subida!
 
Sentia-me com asas, e imparável,
Passei o camião, não ultrapasavel!
Sem respeito, pela sinalização,
Outro, veio de frente, e foi a colisão
 
Agora… restam-me, os ossos partidos,
Muitos dias, e euros perdidos!
E tirei, algumas conclusões,
De futuro; nada de exibições!
 
Porque desta; com sorte escapei,
Mas na próxima; sorte terei?
Vou respeitar a sinalização,
E fazer, uma boa condução!
    J. Rodrigues 23/09/2007
Galeano
Enviado por Galeano em 11/11/2007
Código do texto: T733268
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Galeano
Portugal, 81 anos
518 textos (103326 leituras)
14 áudios (2001 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/08/17 11:03)
Galeano