Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O retrato me assusta

E já vai anoitecendo
Eu vejo o dia morrendo
Quando as luzes se apagam
E os grilos soam no vento

À meia luz, no meu quarto
Eu entro e tiro os sapatos
Eu nem me lembro do nome
De quem pintou meu retrato

O retrato me assusta

Pois ele mostra um sorriso
Que agora não faz sentido
Dia de sol, feriado
A mãe, o pai e os filhos

Então eu sinto pavor
Do que ainda virá
Recordações do passado
Quem dera o lado de lá!

O retrato me assusta
Poetisa da Noite
Enviado por Poetisa da Noite em 11/11/2007
Reeditado em 11/11/2007
Código do texto: T733312

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Poetisa da Noite
Santos - São Paulo - Brasil
133 textos (11053 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/08/17 19:09)