Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O Canto do Pitigauri

O CANTO DO PITIGUARI.

POEMA:  Socorro Correia

O passarinho cantou
De manhãzinha acordando
O sol que repousava seus raios,
No fundo do oceano.

E, da minha casinha, seu palco,
Chamou  a brisa  para  orvalhar
O morro semi-verde,
Formado de semi-ruas,
Do outro lado do mar.

E, voltava a cantar:

   “Quem partiu, vai chegar....
      Quem partiu vai chegar...”


Lá de cima, não se sabe,
Se da varanda ,
Se do telhado...
Ao cantar ele avistava
Aquele tapete molhado.
Pacífico?  Não!...
Pois, tem cores multi –verdes
Brancas espumas, maré cheia,
Também  ondas agitadas
Que se quebram na areia...
Ah!... O passarinho dizia
Revelando o seu canto:
O oceano é Atlântico.

A manhã se levantava
Lentamente ... preguiçosa...
E, ao nascer ouvia o  som
De uma orquestra harmoniosa:
As aves todas cantavam.
E,  afinados gritos de galos
Soavam solidários,
Repetindo as mesmas notas
Numa festa de orvalhos.

As aves aprenderam
No livro da natureza
Do nascer ao pôr-do-sol
Cantarolar só belezas.

E, em sua homenagem
Por ver FORÇA,VONTADE   e FÉ,
Dentro de sua bagagem,
O Pitiguari saltitante,
Cria um coral de humanos,
Uma procissão de anjos,
Todos os peixes do mar,
As aves todas da terra,
Para o seu refrão cantar:

“Quem partiu, vai chegar...
 Quem partiu , vai chegar...”



Maria do Socorro Correia
Enviado por Maria do Socorro Correia em 12/11/2007
Código do texto: T733889
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maria do Socorro Correia
Maceió - Alagoas - Brasil, 74 anos
6 textos (177 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/08/17 02:41)
Maria do Socorro Correia