Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AUTO - RETRATO

AUTO RETRATO

Hoje solidão,
amanhã alma irmã.
Vãos que brotam,
sementes que germinam.
Hoje brinco,amanhã não
sei de mim.
Hoje, sinto o véu que
me cobre o rosto,amanhã será
lenço,solto ao vento.
Mulher de versos quebrados,
de risos e rabiscos no seu
próprio céu.
Pó de mim...
Espalho-me na crença
absoluta de existir intensa.
Sou poeira,
madeira...
Nuvem de poesia
que o meu vento,
(pensamento)
Leva...
Vou e volto.
Ensaio voltas ao
meu redor...

LuciAne 12/11/2007
18:15
POESIA ON-LINE
Luciane Lopes
Enviado por Luciane Lopes em 12/11/2007
Código do texto: T734448

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Luciane Lopes
Mirassol - São Paulo - Brasil, 46 anos
1215 textos (60265 leituras)
47 áudios (3086 audições)
1 e-livros (120 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/08/17 19:10)
Luciane Lopes