Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

FORA DO AR...
 
Fazendo u’a assepsia na’alma que navega
Em águas obscuras e sem direção,
A musa mergulhada na introspecção
Desvia-se do amor e à doação renega...
 
Fugindo de si própria e em labirintos ermos
Dá voltas ao redor do corpo sem notar
Que enquanto o seu lirismo está fora do ar,
Seu corpo permanece à sombra dos enfermos.
 
Palavras ditas, beijos, mimos e agrados
Não podem penetrar nos seus olhos blindados
E jamais servirão de abrigo em seu descanso...
 
A boca que lançava mel quando beijava
Travou-se, e aquele corpo quente hoje se trava
N’um frio coração fechado pra balanço.
 
 
Nizardo Wanderley
Enviado por Nizardo Wanderley em 13/11/2007
Código do texto: T734914

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Ex: cite o nome do autor). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Nizardo Wanderley
Natal - Rio Grande do Norte - Brasil
679 textos (92702 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/08/17 07:50)
Nizardo Wanderley

Site do Escritor