Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ROSA ORGULHOSA


Me avises quando não mais adornares mesas fantásticas.
Me avises quando não mais estiveres entre porcelanas e pratas.
Me avises quando teu sorriso não mais for por tanta nobreza.
Porém não te vendas por migalhas de cabarés.
Não te troques pelas facilidades de uma calçada barulhenta em damas.
Não te abandones um uma vitrine em poeirada.
Te doa á natureza!
Então me avises aonde te encontras.
Me fala com prazer de tuas histórias.
Me chama pra deitar entre tua grama.
E num sussurro ensurdecedor sentir ao teu lado o vento muito lento.
Então te encontro.
Te colho.
Te admiro.
Me faço completo, e não mais te faço flor.
E sim, todo jardim.

Douglas Tedesco – 11/2007
Douglas Tedesco
Enviado por Douglas Tedesco em 13/11/2007
Código do texto: T735190
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Douglas Tedesco
Tijucas - Santa Catarina - Brasil
319 textos (57093 leituras)
35 áudios (2920 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/08/17 11:09)
Douglas Tedesco