Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CANTO DO GALO

Ouvi gritarem meu nome quatro vezes
A última se transformou em canto do galo
Anunciando a chegada do novo dia.
Um raio de sol entrou pela janela
E refletiu em meu rosto em forma de cruz
Trazendo consigo um brilho de harmonia.
Não era um simples feixe de luz,
Era muito mais do que parecia.
Era uma mensagem do céu
Dizendo que ainda existe saída,
Que lá fora brilha a chama da vida.
Mostrar que eu não estava vencido,
Que ainda está escondido
Todo o sentido do meu viver,
Esperando apenas ser encontrado.
Saturnino Segrel
Enviado por Saturnino Segrel em 19/11/2005
Código do texto: T73708
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Saturnino Segrel
Recife - Pernambuco - Brasil, 41 anos
57 textos (6483 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 12:26)
Saturnino Segrel