Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A Lua e eu

Noite alta, linda, calma!
Chego na varanda e a Lua me chama.
Quer um segredo contar, um mistério revelar.
Estaria eu em estado de demência?
Não, acho que me resta um pouco da inocência.
E ela sabe, a Lua sabe disso e então...
Brinca de esconde-esconde,
Atrás de uma nuvem, some.
Vamos, Lua , apareça!
Antes que eu me aborreça!
Mas ela não se rende, zomba de mim,
Conhece a paixão que tenho por ela
E que vou admirá-la, sempre, mesmo assim!
Brinca ,brinca e o segredo não revela.
Espero paciente a nuvem se dissipar
E ansiosa , louca por uma resposta,
Me atrevo a perguntar:
_Seria possivel, Lua querida,
 Eu ainda encontrar um amor nessa vida?
Mas ela é pura vaidade!
E mesmo sabendo que isso
Possa acontecer de verdade,
Não revela , não conta...
Vai brincando a noite toda
Me deixando tonta.
Tudo bem, Lua, pode brincar,
Quem sabe este segredo, este mistério,
Meu coração, menos egoista ou malvado
Queira um dia que seja revelado...
tristeolhar
Enviado por tristeolhar em 14/11/2007
Código do texto: T737408

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
tristeolhar
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil, 44 anos
103 textos (6026 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/08/17 17:53)
tristeolhar