Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

HOJE

                                            HOJE

                             Minha independência na residência
                             vidraça suada, calçada molhada
                             a calma da cidade quase parada
                             dia de não fazer nada, sem sol
                             sem barulho...o povo sumiu na
                             estrada...foi pisar na areia
                             encharcada.
                             Descansar sem ter parada e voltar
                             cedo pra casa, com a roupa salgada
                             da batida da onda levada.
                             Que independência que nada
                             essa rotina nunca acaba.
                             Só publica e República...
                             Melhor não fazer nada, sentar
                             no parque D.Pedro que é uma
                             parada...Ou na praça da República
                             desvairada que se acaba,
                             Na morte da independência calada.
                             
                             
Yara Picardo
Enviado por Yara Picardo em 15/11/2007
Reeditado em 16/11/2007
Código do texto: T738001
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Yara Corrêa Picardo). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Yara Picardo
Indaiatuba - São Paulo - Brasil
1825 textos (115364 leituras)
1 áudios (401 audições)
3 e-livros (509 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/10/17 09:57)
Yara Picardo