Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

                                    A um poeta solitário 


Se algum dia eu amar
Nunca mais as lágrimas vão brotar do meu olhar
Mesmo que o verão
Se torne num instante dia chuvoso com trovão.

Os anjos rabiscam nossa fantasia
Em muitas linhas
Mas quando entrou em meus olhos
Eles se tornaram poesia.

Com muitas caricias nossos dias se passaram
Sempre com muita alegria
Nossos beijos terminavam
E agora o que me resta é fazer poesia
Para viver um novo dia.

Vagner Alves
Enviado por Vagner Alves em 15/11/2007
Reeditado em 15/11/2007
Código do texto: T738858

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Vagner Alves). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Vagner Alves
Francisco Morato - São Paulo - Brasil, 33 anos
212 textos (33554 leituras)
15 áudios (993 audições)
1 e-livros (49 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/08/17 01:21)
Vagner Alves