Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Divago Vago


Sobre o que falávamos?
Mal me recordo de quem sou...
Sobre o que versávamos?
Eu mal sei se já começou...

Acordo e vejo o sol mais uma vez...
Perdido na imensidão do céu...
A vida é um grande jogo de xadrez...
E a poesia é apenas um bordel...

É estranho quando vem o abismo...
Procuro saber onde estou...
Mas a queda é eterna...
E de quem caiu pouco restou...

Eu não sei o que quero por aqui...
Talvez semear tormentas e furacões...
Talvez fazer sentir minhas paixões...

Houve um tempo em que era assim...
Tudo no caos dentro de mim...
Mas há ainda o verso enlouquecido...
E para este, meu amigo, não há fim!

Callis Morius
Enviado por Callis Morius em 17/11/2007
Código do texto: T740296

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Callis E. Morius - Pedro Penido). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Callis Morius
Itaúna - Minas Gerais - Brasil
38 textos (1429 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/08/17 22:24)
Callis Morius