Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SÍNDROME DO TERRÁQUEO SUICIDA ( O CAMINHO SÓ EXISTE SE VOCÊ PERCORRE-LO)

Tédios
Prédios
Caixotes
Quartos
Cacos
Rastros...

Janelas embaçadas
Bocas bafejando vidraças
Atenuadas por cortinas entreabertas
Manifestas ao escudarem olhares vagos
Fardos cansados de notívagos vagalumes
Incríveis cardumes de peixes fora d'água.

Câmera lenta
Repetitiva
A mesma coisa
Coisa sofrida
Ou... coisa nenhuma
Emergente ruptura
Da menor distância
Barganha entre dois pontos
Reta louca dos desencontros
Impossível de ser percorrida.

Espreitando da terra
Esfomeados carrapatos
Alpinistas sociais mancomunados
Escalam varicosas, doloridas pernas
Entre coceiras espertas hemorrágicas
Acossados por unhas sujas contaminadas
Infecções fantásticas confortando desajustados.

Ou também por outros lápsos
Vão criteriosamente enchendo
Dependendo de certos momentos
As córneas mais que exigentes
De negligentes, Diabetes Melitus
Hoje "Cristos" insulínicos dependentes
Pecado factual assombroso, irresistível
Universo típico, crítico, surpreendente
Repleto de bagagens de gente esteriotipada
Carências psíquicas pagas quase sempre com glicose
Big bang de famílias se matando por overdoses de neuroses.



Alexandre Halfeld
Enviado por Alexandre Halfeld em 17/11/2007
Reeditado em 21/09/2011
Código do texto: T740608

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Alexandre Halfeld
Juiz de Fora - Minas Gerais - Brasil
221 textos (52329 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/08/17 06:23)
Alexandre Halfeld