Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Asfixia

Escutando Solitude - Evanescence

A tristeza é tanta e a solidão tão fria
Todos os desejos reverberam sem sentido
Dentro da minha alma vazia
Quanto me resta a suportar?
Por que é tão difícil viver
se para isso basta amar?
Por que é tão fácil morrer
se vida sem amor é apenas respirar?
Noites como essa não tem fim
A cada minuto sem teu olhar
Uma lágrima nasce em mim
Quanto vejo em você que me fascina
Mesmo você ignorando minha vinda
Eu vivo através de você
Você olha através de mim...
Tudo que eu anseio é não pensar em nada
Meus pensamentos não me deixam respirar
A asfixia me impede de viver
As lágrimas já não me deixam falar

Minha morte não terá sido por viver
Mas simplesmente, por amar
Ana Pismel
Enviado por Ana Pismel em 18/11/2007
Código do texto: T742018
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Ana Pismel
São Paulo - São Paulo - Brasil, 29 anos
62 textos (102965 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/10/17 08:35)
Ana Pismel