Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

>QUANDO CHEGAR A DOIDICE?

Já diz a sabedoria popular na trela
Temos um pouco de médico e louco
Menina tu estás pálida e magrela
Caldo de feijão pra anemia é pouco

Vou pegar minha sacola e sair
Na primeira carona, sem regra
Correr chão fugir sem destino, ir
Na loucura a validade é negra

Há os loucos do asfalto sem medo
Os aventureiros dos Alpes alturas
Dos que na vida nada esperam
Desafiam toda sorte em loucuras

Tantos sãos se proclamam loucos
Pra sanar a “fraudulência” ativa
Em seguida a demência os toma
A consciência não resiste à perfídia

E a loucura do amor que nos ronda
Um furacão sem freio destroço perto
Sem calmaria eleva-se alto na onda
Feito uma caravela sem rumo certo

Mote do Fórum do RL

Sonia Nogueira
Enviado por Sonia Nogueira em 18/11/2007
Código do texto: T742149

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Sonia Nogueira
Fortaleza - Ceará - Brasil
2364 textos (128666 leituras)
13 e-livros (699 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 17:09)
Sonia Nogueira

Site do Escritor