Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Equívoco Brasileiro

Esse não é mais um poema
disposto a falar da miséria
pois esta
já está gasta.

Não será este o poema
que irá abrir os olhos
dos pobres tolos
americanos,europeus,asiáticos e africanos.

Também não será este o poema
que dirá ao pobre cidadão
o que tem que fazer
pois assim Hitler começava.

Não glorificarei Nietzsche
mas darei atenção ao Sócrates
pois ele sabia da essência
do ser humano.

Não darei sermãos hipócritas
aos alunos que cometem atos errôneos
causados por pobres canalhas
que os pisoteam.

Não falarei
mas sim irei ouvir
o que o outro tem a dizer
perante a sua pessoa.

Não farei uma música em Sol Maior.
Mas irei assobiar
até sentir
que o sentimento fluiu.

Não será este o poema que irá falar
da dominação cultural
ou a invasão
de sanguessugas de mente.

Não será este o poema a profetizar
o pobre destino dos jovens do novo século
que em poucos dizeres
são cruéis e mortíferos.

Não será este o poema a ditar
a calúnia da vida
o cotidiano brasileiro
de norte a sul.

Não será este o poema a dizer
que enquanto um trabalhador toma o seu café,
sua única refeição
um dotô está afável em seu trono

Não será este o poema a dizer
que a solução brasileira
nada mais é
do que aprender a viver.

Viver se adaptando
ao mundo do jeito que é
pois senão
seremos torturados e eletrocutados,como fizeram com o irmão Vandré.
Stalker
Enviado por Stalker em 21/11/2005
Código do texto: T74215
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Stalker
Salvador - Bahia - Brasil, 116 anos
46 textos (5132 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 06:20)
Stalker