Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

POEMA VESTIDO DE MIM...

Me assusta o tempo,
e a luz apagada.
A madrugada sem anjos,
sem cobertores...
Me assusta o vento que
é forte,dentro de mim.
Me assusta o gosto que
eu quero...
A madrugada que eu espero
no leito das palavras.
Me assusta ter olhos ternos
e poemas vestidos de mim.
Me assusta o fogo,a queimadura
o amor e a loucura.
Me assusta o que eu busco
na cidade que dorme,nas pessoas
que passeiam sem deixar aromas
pelo ar.
Me assusta não ver os pássaros,
não sentir os meus passos...
Me assusta a imensidão
que eu vejo, que eu toco
sem sair do "meu" lugar.
Me assusta a luz que
acende no peito...
Me assusta o que não
tem mais jeito de não
sentir....
Luciane Lopes
Enviado por Luciane Lopes em 18/11/2007
Código do texto: T742386

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Luciane Lopes
Mirassol - São Paulo - Brasil, 46 anos
1215 textos (60265 leituras)
47 áudios (3086 audições)
1 e-livros (120 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/08/17 09:31)
Luciane Lopes