Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A CONSCIÊNCIA QUE BUSCAMOS



Se nós nascemos humanos
Por princípio somos iguais.
Não importa a cor da pele,
Se o caráter vale mais.
Cada um tem seu espaço,
Segure bem seu pedaço
E não desista jamais.

Nos faltam oportunidades,
Porém, a coragem não,
Bastaria que tivéssemos
Livre acesso à educação,
Nossa casa, nosso lar,
Um local pra trabalhar,
Não haveria o ladrão.

Parece-me que o Brasil
De imensurável riqueza,
Vai sempre na contra mão
Protege o rico e a nobreza,
Mas quem produz é o pobre,
A este o chamo de nobre,
À elite, a chamo pobreza.

Não se criem distorções,
Leis que não levam a nada.
Somos todos nós irmãos,
Nesta nação irmanada,
Brasil de todas as raças,
Que socialmente se faça,
Do trabalho a caminhada.

É para nós brasileiros,
Que escrevo este tema,
Mostrando o que queremos
Em forma de um poema,
Lembrando que nossa gente,
Hoje está bem consciente
Do nosso maior problema.

                           Rio de Janeiro, 20/11/2007.
                               Feitosa dos Santos
Feitosa dos Santos
Enviado por Feitosa dos Santos em 20/11/2007
Reeditado em 20/11/2007
Código do texto: T744463
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original ("Regra para USO: citar autoria de Feitosa dos Santos e o Site www.recantodasletras.uol.com.br"). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Feitosa dos Santos
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
1391 textos (68117 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/08/17 14:04)
Feitosa dos Santos