Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Fragmentos 2

Escrevo e ouço
Uma voz suave e encantadora
Aquela mesma voz de sempre

Ouço outra, às vezes
Mas, nada que se compare...

Vejo vultuosos seres perpassarem
Em minha frente
Em minha alma

Sinto o sabor e o cheiro
Sinta o labor e o desespero

Conciso e consciente
Daquele legado de diáspora...
Desses seres atores da resistência

Eis a voz em uma língua que não mais reconheço
Mesmo assim, meu sangue compreende

Estes mesmos seres que transmitem
Seu labor seu saber
Minha dinastia resiste...

Ascendência que faz sentir e saber
Resistência que faz viver e renascer...

Sabor de tribos...
Trilhas de colonialismos
Vivência e...
Ausência

Sem saber sem sabor
Sem vencer sem labor

Eis o cume do meu mundo
Eis a cor de minha pele
Eis o meu ser...



Husani Kamau
Enviado por Husani Kamau em 20/11/2007
Reeditado em 24/12/2008
Código do texto: T745458
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Citar nome do autor: (XAVIER, Vinicius S.) e link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Husani Kamau
São Paulo - São Paulo - Brasil, 32 anos
224 textos (10507 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/08/17 07:11)
Husani Kamau