Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ELES ACUSAM



Eles acusam-nos
A nós jovens
De sermos rascas
Drogados
Marginais
Vadios

Mas não se vêm
Ao espelho
Não se recordam
Que somos
Simplesmente
Tudo aquilo
Que eles foram
E nos legaram

Senão vejamos

Quantos de nós
Fomos paridos
Nove meses
Após uma violação

Quantos de nós
Fomos paridos
Nove meses
Após uma atitude
Irreflectida

Quantos de nós
Estivemos
Para ser abortados

Quantos de nós
Não conhecemos
Pai
Mãe
Ou os dois

Quantos de nós
Fomos abandonados

Quantos de nós
Fomos violentados
Quer física
Quer psicologicamente

Mais

A quantos de nós
Foi negado o pão

A quantos de nós
Foi negada a escola

A quantos de nós
Foi negado o trabalho

A quantos de nós
Foi negado um carinho

A quantos de nós
Foi negado um sorriso

A quantos de nós
Foi negado o diálogo

Mas eles insistem
E acusam-nos
Rascas
Drogados
Marginais
Vadios

E não se vêm
Ao espelho
Policarpo Nóbrega
Enviado por Policarpo Nóbrega em 21/11/2007
Código do texto: T745920

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Policarpo Nóbrega
Portugal, 60 anos
131 textos (60010 leituras)
4 áudios (2845 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/10/17 17:40)
Policarpo Nóbrega