Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

INFELICIDADE

INFELICIDADE


Cansei de respirar uma felicidade esbaforida
Cansada de se engasgar no soluço sórdido
Numa exatidão sem nexo e triste de alma

Sonhei com o momento em que seria feliz
E quando fui

                                                           não fui

A alergia eu adquiri
no meio da fumaça cinza, encefalicamente, expelida
Bastou-me a imagem de um santo
E ajoelhei-me sobre as cinzas carbonizadas do meu consciente
Cuspi o vermelho dos meus pulmões cancerosos
Já que na vida sonhei demais

Não realizei meus compactos
todos fragmentados no meio-fio
E o cão, sarnento e faminto,
Alimentou-se do meu fardo e morreu tarde
Clebber Bianchi
Enviado por Clebber Bianchi em 21/11/2007
Código do texto: T745957
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Clebber Bianchi
Taubaté - São Paulo - Brasil
31 textos (725 leituras)
1 e-livros (16 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/10/17 10:54)
Clebber Bianchi