Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SEU JOGO

    Você diz que não
    quer nada comigo,
    mas nunca convence
    com os seus sinais.

    Dentro do seu meigo
    olhar feminino
    percebo que implora
    o olhar de algo mais.

    Porque sempre nega
    o meu doce beijo?
    Pois você consente,
    Alegre, o seu charme.

    Sua boca encarna
    todo meu desejo
    que  vejo guardado
    em qualquer parte.

    Porque o seu não
    veste-se de um sim,
    quando vira o rosto
    e mexe os cabelos?

    Fingi ir embora
    para não partir,
    ignora meu passos
    para poder tê-los.
Naldo Coutinho
Enviado por Naldo Coutinho em 22/11/2005
Reeditado em 22/11/2005
Código do texto: T74668
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Naldo Coutinho
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
111 textos (6976 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 06:20)
Naldo Coutinho