Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Loucura de corpo...

Os corpos falam... os olhos declaram...as mãos
Tecem o rude sabor de quem ama, mais a liberdade afaga
A memória de quem declara.

Duas coisas em comum em um só minuto,
em uma eternidade de segundos, passando
ao estagio de segurança e coragem
do medo de quem a ama...

...doses de vinho inibe a minha falta de amar
Devora o meu grito que sufoca ao te ver
Devora todo um conjunto de expressões e sorrisos,
Corpos que desejam... que sem nenhuma  explicação
Declara todo forma de poder.

As mãos os corpos os eu inalterados
De inadimplência constante de simples
Estágio de ser corpos que expressam.
zelia costa
Enviado por zelia costa em 22/11/2007
Código do texto: T748223
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
zelia costa
Aracaju - Sergipe - Brasil, 33 anos
52 textos (1958 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/08/17 11:07)
zelia costa