Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SÓLIDA SOLIDÃO

Já me acostumei com a solidão
Não a de não ter com quem conversar
Nem a de não ter a quem beijar
Mas a de mim mesmo

Não sei se fiquei só, ou se nasci só
Sei que cresci querendo não ser
E quanto mais procurava alguém
Ficava sólida a minha solidão

Não fui feito pra ser só
Por isso faço companhia a mim mesmo
Talvez seja assim, até o fim dos tempos.

Mas quando sinto seu cheiro
Quando olho nos teus olhos
Ah, pra que solidão!?

É só ver você, sua feição.
Que me desconcerto, me atrapalho
A timidez bate como martelo
Me sinto tão desprotegido

E ao mesmo tempo que estou nu
Posso sentir teu abraço me confortando
E aquela antiga solidão
Vai embora e dá lugar ao sentimento da paixão
Ricardo R
Enviado por Ricardo R em 23/11/2007
Reeditado em 23/11/2007
Código do texto: T748579
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Ricardo R
São Paulo - São Paulo - Brasil, 27 anos
134 textos (5004 leituras)
1 áudios (631 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/10/17 08:32)
Ricardo R