Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ASAS ABERTAS

ASAS ABERTAS

Vejo o vôo da borboleta
que como lagarta rastejava
sinto o rufar o de seu coração
e o correr do sangue em suas veias

Meu vôo valente e sem vacilar:
Voar,
voar,
voar...

Nem gente nem bicho irão me pegar:
Voar,
voar,
voar...

Asas abertas  meu norte buscar:
Voar,
voar,
voar...

NOV/1995

Paulo de La Mancha
Enviado por Paulo de La Mancha em 23/11/2007
Código do texto: T749083

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Paulo de La Mancha
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil
91 textos (4836 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/10/17 10:49)
Paulo de La Mancha