Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ALEGRIA

Esta poesia é para você, um chamar sincero,
Que ela toque bem lá no fundo da sua alma,
Que cale serena em ti assim desejo e espero;
E contagie como o perfume que de ti exala.

Este cantar alegre é providencial chamado,
Para que a vida seja mais pura na essência,
E não exista apenas um desejo reclamado;
Mas seja infinita em toda nossa existência.

Chega moça, chega mais, vem para alegria,
Se entrega total, não deixa nada escondido;
Vem viver sonhos dourados, pura fantasia,
E dessa alegria espero terdes compreendido.

Viver alegre, amando a fantasia, a esperança,
Vem viver comigo tudo isso que eu te garanto,
Puros sonhos, pura magia, sonhos de criança,
Em nossa alegria exposta que se finde o pranto.
Lúcio Astrê
Enviado por Lúcio Astrê em 23/11/2007
Reeditado em 24/11/2007
Código do texto: T749747

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Lúcio Astrê
Euclides da Cunha - Bahia - Brasil, 60 anos
263 textos (10233 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/08/17 02:28)
Lúcio Astrê