Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Homo Sapiens Sapiens

Mil almas vagantes,
repugnantes de corpos massantes
andarilhos distantes,
maquinando operantes!

Mil não, milhões
Milhões de bocas sujas
escuras, dissimuladas
impuras palavras lançadas
poluindo o ar da Inocência.

Constrói e destrói teu próprio alicerce
em teu próprio veneno imerge
De todo mal tu és o pior
Matas o ventre, o poder maior

Ciclos viciantes e viciados
Armados dentes afiados
Miserável espécie animal!
Sacro Contrato Infernal!

Ó Sangue sem valor
fardado de ódio e rancor
Cura-te dessa ferida
Que de amor jaz desprovida!
Lucas Silva
Enviado por Lucas Silva em 23/11/2007
Reeditado em 24/11/2007
Código do texto: T749772
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Lucas Silva
Salvador - Bahia - Brasil, 25 anos
19 textos (1108 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/10/17 21:21)
Lucas Silva