Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sede de você

Ele chegou
Pedindo água
Oriunda de uma fonte quente
Estava com muita sede!

Encaixei-o em meu cálice
Cuidadosamente
Aos poucos, sentia matar suas sedes
Em goladas de um amor sem fim!

                                                     Bárbara Dinamene


Se de ti fiz meu cálice, foi por que, pra mim,
Ofereceste o melhor vinho.
Uma fonte inesgotável de prazer,
Nas águas que matam minhas sedes,
No vinho que me faz te querer!

                                                         Narciso
Bárbara Dinamene
Enviado por Bárbara Dinamene em 24/11/2007
Reeditado em 06/08/2009
Código do texto: T750987
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Bárbara Dinamene
Aracaju - Sergipe - Brasil, 38 anos
19 textos (1125 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/10/17 11:16)
Bárbara Dinamene