Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DRAMÁTICO

É tão tranquilo e bonito
Versejar sem conflito
Compor os versos de amor
Falar de beijos,de flor
De animais, da natureza
Sei que isso faz parte
Mas sei que tambem é arte
Falar de dor ,da dureza
Que é pra muitos a vida
Passar da fome a doente
Não poder tratar os dentes
Não ter quem cure as feridas
Seja do corpo ou da alma
Estender a sua palma
Para uma moeda pedir
Seja aos homens ou  Deus
Sem ter o orgulho ferido
De um corpo sujo ou fétido
Sob teus pés estendidos
Ou quiçá sob os meus...
Antonio Carlos Duarte
Enviado por Antonio Carlos Duarte em 24/11/2007
Reeditado em 10/07/2010
Código do texto: T751162
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Antonio Carlos Duarte
Barão de Cocais - Minas Gerais - Brasil, 57 anos
185 textos (4751 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/08/17 10:34)
Antonio Carlos Duarte