Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PÁGINA VIRADA


Página virada
Reação magnânima de vidas
Movidas por impetuosa esperança
Que, apaixonadas pela vida
Decidem viver, apesar de...

Página virada
Rasgos nos tentáculos do ontem
Quebrando os aguilhões que fendiam o âmago
Despedida incisiva de tortuosas lembranças
Viagem impetuosa para o nascer do sol

Página virada
Que despedaça os grilhões da angústia e do estresse
Fortalecendo o brio para novas experiências
Que rega com sonhos um futuro promissor
Do presente faz largada, e do amanhã, vitoriosa chegada

Página virada
Que não “mouseia” a página anterior
Empenha-se em plantar sementes de qualidade
E, rápido, porque já vai passando
Pois, quando o futuro chegar, colhe-se o que plantou

Página virada
Que não olha saudosamente
Para as águas que passaram sob a ponte
Mas, se alegra com as que deixaram à fonte
Que refrigera a alma e renova a mente.

Página virada
Afinal, aonde nasce e para onde vai o vento?
Quando e aonde vai cair o próximo raio?
Quantos quilômetros têm o universo?
Tens poder para mudar o passado ou prevê o futuro?

Página virada
Uma pedra posta em cima
Deixando pra lá, para poder ir
Não magoando feridas
Não abrindo sepulturas
Não caçando culpados
Sorrindo para quem está presente, no presente
Novas leituras
Novas tramas
Novo enredo
Do fim ninguém escapa
Mas, que seja um final feliz.
Paulo Cezar Santos
Enviado por Paulo Cezar Santos em 24/11/2007
Código do texto: T751169

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Paulo Cezar Santos
Aracaju - Sergipe - Brasil, 60 anos
109 textos (13681 leituras)
2 e-livros (70 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/10/17 12:34)
Paulo Cezar Santos