Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Suspiros

De que lhes valeria a vida, se o amor não está lá?
O quanto sorri realmente, quem não se permite amar?
Qual o sentido que tem a manhã destes atormentados?
Porque, nos temores do futuro incerto, não são loucos?

Quem te ensinou que a vida correta está no medo?
Quem impôs à tua livre alma esse sórdido veneno?
Onde está o canteiro de teus sonhos, fantasias juvenis?
O que houve com teus olhos, com o brilho das paixões?

Não, crianças! Não crescam! Vejam só como é chato!
Deixa a alma infante não amadurecer junto ao corpo.
Pois criança, você vive em um mundo de possibilidades.
E então querem vir te ensinar que vc as perderá todas.

E de que vale viver, sem o amor à vida e ao sabor das novas manhãs?
Quem você se torna, se acredita que cada dia será igual a todos os outros?
Addam
Enviado por Addam em 26/11/2007
Código do texto: T753179

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor, as iniciais MGL e o e-mail entre parênteses, ex.: "texto de Addam MGL (mgleite@gmail.com)"). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Addam
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 35 anos
68 textos (4692 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/10/17 22:37)
Addam