Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
PARA LIXOS QUE SE JULGAM GENTE!!
*************


Não consigo sinônimo para atribuir a certos tipos de gentes!...


mas pensando bem,

não posso, também, sinonimizar essas criaturas com os irracionais,

eles ficarão, com razão, irados comigo!...


Enfim,

é melhor esquecer alguns desprazeres de gente!...


Vivem no lixo e

fazem questão de deixar exalar o odor que

é próprio das suas mentes quando produzem sons,

mas não percebem que o fim está decretado no término de suas falas! 


©Balsa Melo

13.01.07

Paraíba

BALSA MELO (POETA DA SOLIDÃO)
Enviado por BALSA MELO (POETA DA SOLIDÃO) em 26/11/2007
Código do texto: T753266
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
BALSA MELO (POETA DA SOLIDÃO)
Uberaba - Minas Gerais - Brasil
3010 textos (87162 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/08/17 00:29)
BALSA MELO (POETA DA SOLIDÃO)