Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SOZINHO...

Quando os meus sonhos
Eram apenas meus
Mesmo que na busca da realização
Tivesse inserido todos eles
Eu definia um plano de ação
Projetava objetivos e determinava metas
E o resultado positivo obtido
Eu compartilhava com eles,
Porque era por eles que eu
Sonhava, realizava e voltava a sonhar
Eu era destemido, audaz
Corajoso, guerreiro diante da vida

Quando passei a idealizar os meus sonhos
Por eles, envolvendo-os
Não querendo que eles sonhassem os meus sonhos
Nem, vivessem as minhas histórias
Apenas trazê-los pros meus projetos de vida
Mas com absoluto livre arbítrio de suas ações
Inalienáveis a seus ideais...
Era como apenas querer mostrar caminhos,
Não conduzi-los, mas indicar, motivar, como
A educá-los e prepara-los para a vida
Fazê-los entender que uma pessoa sem princípios
Sem metas e objetivos
É um volume sem guia, aonde bate para e fica,
Mesmo eles obtendo todos os loros dos resultados
Mostraram-se ausentes, indiferentes
E eu quedei no vacilar do animo
Comprometendo a minha vida em desanimo
Enfraqueci, então sozinho
Vi todos os meus castelos cairem
Ruir
E eu fiquei mudo, estático, remoto, distante
Como se nada mais adiante
Pudesse a vir

...Agora depois de sofrer, e muito refletir
Então resolvi
Que novamente vou sonhar por mim, apenas por mim
Os meus sonhos serão unicamente meus
Pra novamente me sentir vivo
E os resultados, positivos
Eu partilho com eles,
Por que muito embora eles se mostrem ausentes
São por eles também
Que me faço em sonhos e projetos diferentes...



JORGE BRITTO
Enviado por JORGE BRITTO em 26/11/2007
Código do texto: T753603

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
JORGE BRITTO
Sumaré - São Paulo - Brasil
375 textos (37880 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/10/17 23:35)
JORGE BRITTO