Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SOLIDÃO

                      Vem solidão
                       Enquanto estou só te quero,
                       Vens que o tempo é curto!
                       É gostoso te sentir neste momento
                       Em que todos correm em busca de nada.


                       Vem solidão
                       Que nesta amplidão de sons
                       Eu enlouqueço.
                       Vens e me traz a paz
                       Que só tu carregas!


                       Vem solidão
                       E traz a reflexão contigo,
                       Traz o silêncio e deixa-me pensar.
                       Vens antes que ti me roubem
                       E eu fique só...


                       Vem solidão,
                       Pois ante a devastação
                       Eu te prefiro.
                       Vens ó doce quietude,
                       Mesmo que falsa calma,
                       Vem!


                       Vem solidão,
                       Pois só contigo serei capaz,
                       Só contigo a pressão se esvai
                       E eu viverei bem mais.
Djalma Santana
Enviado por Djalma Santana em 26/11/2007
Código do texto: T753640

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Djalma Santana
Ilhéus - Bahia - Brasil, 64 anos
6 textos (374 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/10/17 10:08)
Djalma Santana