Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ser assim

Já briguei demais
Agora cansei
Aprendi a me amar assim
Por que sou assim.

Se for diferente
Também terei mil defeitos
Não tem jeito.

Amar, do jeito que é
Ser feliz com o que tem
É um enorme desafio para alguém
Não buscar no exterior
Conhecer seu próprio valor

Sou assim. Vou me amar assim,
Nem que outros me critiquem
Apenas, quero me conhecer melhor.

O que preciso conhecer
São meus limites
Pois isto me permite
Estar mais atento, para não sofrer
E também, outros de graça não ofender.
Ataíde Lemos
Enviado por Ataíde Lemos em 23/11/2005
Código do texto: T75406
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
Ataíde Lemos
Ouro Fino - Minas Gerais - Brasil, 51 anos
5266 textos (1219047 leituras)
5 e-livros (11751 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 15:05)
Ataíde Lemos

Site do Escritor