Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Destino

Eu merecia ter tido mais amor
Eu sonhava uma vida de alegria
Eu queria viver intensamente
Almejava ser alguém um dia

Esperava uma vida diferente
E não ser apenas um na multidão
Sonhava ter um dia a recompensa
Que sempre acalentei no coração

Mas a vida, como um mar muito agitado
Com suas ondas impetuosas a quebrar
Carregou-me para longe dos meus sonhos
E levou-me a me resignar

O tempo lutou contra meus desejos
E passou sempre rápido demais
E uma sucessão de fatos  inesperados
Foi me sufocando  cada vez mais

A pressão das lutas cotidianas
As responsabilidades que assumi
Os outros que agora de mim dependem
Me deram a vida que sempre temi

E agora, uma parte de mim
Desilude-se e não conseque crer
Que eu ainda possa ser o que almejei
E que agora vou apenas sobreviver

Enquanto outra parte sonhadora
Procura crer que a felicidade terei
E procura, nesta vida agitada
Formas e modos como me realizarei

O futuro é incerto, e ainda bem
Pois se no passado eu pudesse antever
O que hoje eu me tornaria, tão medíocre,
Desiludida, muito iria sofrer

Estou no meio do caminho. Ainda é possível
Que venha a sonhada transformação
E é essa esperança que acalento
Carinhosamente em meu coração.

Selma Moura
13/01/2003
Selma AM
Enviado por Selma AM em 27/11/2007
Código do texto: T754406

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Selma AM
São Paulo - São Paulo - Brasil
59 textos (88269 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/08/17 11:50)
Selma AM