Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Meus Famintos Erros

Não sei se tudo mudou
Se tudo vai mudar
Não quero dizer que acabou
Não quero mesmo acreditar!

Meu mundo me acolhe agora
Mas é invadido por luzes
Fortes, cegam, devoram
Sem terços, sem preces, sem cruzes.

Tu és a luz que invade
Me tira a calma, me mata sempre
Volto à vida, e é verdade!
Uma porta espera que tu entre!

Mas não... Eis que muda denovo
Eis que tu me aguarda ali fora
Embreaga-me as luzes, e como um corvo
Tu ali me espera. Novamente me devora.
Júnior Leal
Enviado por Júnior Leal em 23/11/2005
Reeditado em 23/11/2005
Código do texto: T75488

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Júnior Leal
Lagoa Santa - Minas Gerais - Brasil, 31 anos
958 textos (30820 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 00:41)
Júnior Leal