Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

TENTO IMAGINAR:


Tento imaginar:


Tento imaginar...
Você sozinho (a), na madrugada.
Como eu, a escrever poesias.
Sonhando acordado (a), imaginando.
Em cada letra cada verso, sentir.
A seu lado a pessoa que ama, vir.
Trazer-lhe um pouco de carinho,
Beijar seus lábios, com loucura.
Abraçar seu corpo, amar com paixão.
Sem loucuras, simplesmente viver o amor!
E não ter que abraçar a solidão.
Nas noites mal dormidas,
Nas frases inacabadas.
Dos versos que não consigo escrever.
Porque meus pensamentos se perdem.
Enquanto procuro imagina-la.
Na poesia que escrevo, sem inspiração.


Volnei Rijo Braga
Enviado por Volnei Rijo Braga em 24/11/2005
Código do texto: T75527
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Volnei Rijo Braga
Pelotas - Rio Grande do Sul - Brasil, 69 anos
2314 textos (147481 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 21:48)
Volnei Rijo Braga