Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Eu quero ser Rei

Ontem tive um estranho sonho
Sonho que agora vou contar
Poderia dizer que ele é bizonho
Mas interessante ele pode se tornar:

Da nossa desgastada democracia
O governo se tornou tirano
Fazendo carnavais, fazendo folia
Com isso, eu sou um mero fulano...

Mas não! Prefiro a minha monarquia
Viver num palácio de ouro reluzente
Sentar no trono, pensar na valentia
Dos meus guerreiros, de força obediente

Ter a minha rica e forte rainha bela
Meu primeiro ministro a trabalhar
Dormir com a concubina amorosa sentinela
Nos frios reinos suiços quero passear

No grande poder absoluto quero ficar
Não ser peça de um pobre xadrez
Dama solitária, pisar o meu pensar
Ser dela o próximo "bola da vez"...

Sou de origem real portuguesa
Sou descendente do Rei Sebastião
Do tataravô do meu bisavô com certeza
Herdei em Taperoá, o sangue sem razão!

Quero no meu reino real-encantado
Ao filho dar a Lua, fazendo-o herdeiro
O segredo da guerra, não ser aperriado
Sendo da vida, um soberano verdadeiro

Mas sabe de uma coisa? Cansei disso!
Quero ser um rico aristrocrata
Viver no meu social sem ser submisso
"Sucesso no jornal, cara, você relata!"

Quero agora ter uma filha loira, modelo
Com nome de deusa grega, com certeza
Namorar com o grande "Dr. Rabelo"
E poder comer comida japonesa.

Vou beber o cachacesco wisque 12 anos
Comer o amargo e delicioso caviar
Na festa chata, ser "VIP", mantenhamos
Para na próxima vida, melhor reencarnar

Mas o meu professor de história
Me indicou o Socialismo, Comunismo
Ser igualitário, ceder a vitória
Mas bobagem...Me perco com tanto "ismo"!

Melhor eu abrir os olhos e sair do sono
Ir a minha labuta, tenho que trabalhar
Vivo no sobrado da vila do velho nono
Com minha mulher, tenho 2 filhos pra criar!
Eduardo Oliveira
Enviado por Eduardo Oliveira em 27/11/2007
Código do texto: T755298

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Eduardo Oliveira
Campina Grande - Paraíba - Brasil, 26 anos
123 textos (5879 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/08/17 16:43)
Eduardo Oliveira