Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Guerreira

Teu seio que acolhe e alimenta
Teu lábio que ensina, ora e beija
Tua mão que acaricia, ergue e guia

Teu colo, porto seguro das lágrimas
Teus olhos de sabedoria e cansaço
Teu pranto escondido em noite escura
Tua força que sustenta e protege

Faz da tua fragilidade a maior força
Da desilusão, um recomeço.
Da necessidade, um ponto de partida,
Da ingratidão uma lição de vida

Mulheres assim guerreiras hão de ser
Os esteios do mundo e da vida
A semear um futuro mais ameno

24/11/2007
Selma AM
Enviado por Selma AM em 28/11/2007
Código do texto: T755981

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Selma AM
São Paulo - São Paulo - Brasil
59 textos (89315 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/10/17 02:01)
Selma AM