Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

FLOR DE CELOFANE

O vinho pra acalmar o corpo
E regar os recantos da alma
De uma vez, no fim do amor platônico
O sangue e a genialidade

Sexo e desamparo, no fim um LSD
A dor exposta no teatro
Os fatos que não param de crescer

Ressono e fedo como a vida
Por amar e não ser correspondida
Eu fujo e finjo que sou Byron
Somente um pouco mais drogada

Ela vem, ela vem vindo
Eu não posso controlar
Já vi que é bom, é tão gostoso
Ter coragem

A franja esconde o rosto
Os olhos vidrados
É por isso que eles me olham
Me amam
Poison Girl
Enviado por Poison Girl em 28/11/2007
Código do texto: T756200

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Poison Girl
Jacareí - São Paulo - Brasil, 29 anos
112 textos (2992 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/10/17 18:23)
Poison Girl