Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

GIVE ME LORD (Drummond que me desculpe...)

Eu te gosto porque te gosto.
Não precisa ser gostoso,
porque nem sempre sei sê-lo.
Eu te gosto porque te gosto.
Estado de gozo é que me encontro,
e com gosto não satisfas dívidas.

Gostar se gosta gratuitamente,
é propalado na atmosfera,
no campo, na lua com coelhinho.
Gostar desvia do léxico
e regula diversos outros.

Eu te gosto porque não gosto
suficiente ou intensamente  com meus botões.
Porque gostar não se substitui,
não se uni nem se gosta.
Porque gostar é gostar coisa alguma,
venturoso e valente que figura em pessoa.

Gostar é germano do pesar profundo,
e da ruína triunfante,
ainda que abotoe o paletó
a cada inadiável gostar.

Daí-me, Senhor, serenindade
para eu falar a minha namorada.
Será que namorada dá ouvidos a alguém?
Terá efeito falar a namorada?
Existirá algo a dizer-lhe
que ela já não saiba, ela que transfigura
toda sapiência em encantadora amnésia?

Luiz Almeida
Enviado por Luiz Almeida em 28/11/2007
Reeditado em 29/11/2007
Código do texto: T756618
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Luiz Almeida
São Paulo - São Paulo - Brasil, 56 anos
27 textos (1057 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/08/17 10:39)
Luiz Almeida