Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Borrifadas de Esperança

A areia veio forte a minha cara
A flor desajeitada escorregou e caiu
O passarinho, já sem vida, bateu asas e sumiu
O cacto cuspiu uma semente
O menino riu de alegria pelo que viu
O amarelo ficou verde
O céu se enfeitou pra entrar na dança
 E borrifou perfume de esperança
Quando o peito duro da terra se abriu.
Rafaelly Palhano
Enviado por Rafaelly Palhano em 29/11/2007
Código do texto: T757137

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Rafaelly Palhano). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Rafaelly Palhano
Teresina - Piauí - Brasil, 26 anos
11 textos (683 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/08/17 02:27)
Rafaelly Palhano