Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

VIDAS SECAS





Vidas em vidas secas
Passos de crianças guerreiras
Destemidos, nus e sem medos!
Vivem estes homens sem eiras
Semeando as secas terras
Nos rincões Brasileiros.

Caboclos fortes
Nas caatingas secas
Entregues a própria sorte
Enfrentando a fome
Levando no peito
O grito da morte
Na fome traiçoeira.

Vidas
Secas
Sertanejas
Sob o manto das estrelas
Perpetuam-se a dor certeira
Na alma simples do sertanejo
Homem forte e brasileiro.

Olhos
Pregados no céu
Orando a Deus com fé
Crendo no amanhã
Rostos queimados pela aflição
Choram esquecidos
Os filhos do sertão.
luizpoetista
Enviado por luizpoetista em 30/11/2007
Código do texto: T758786
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
luizpoetista
São Paulo - São Paulo - Brasil, 60 anos
1423 textos (105469 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/10/17 02:08)
luizpoetista